Como Negociar Taxa do Crédito Pessoal

Hoje não há razão para aceitar de forma imediata a primeira proposta que o seu banqueiro lhe faz sobre um crédito ao consumo ou crédito pessoal. O seu reflexo, perante uma proposta do seu banco, deve ser consultar a Internet, comparar propostas e consultar outras entidades financeiras para perceber se aquele crédito ao consumo é realmente o melhor que pode conseguir.

Perceba em que pontos é que pode negociar e jogar para conseguir o melhor crédito para sim.

      Use um comparador de créditos online: prepare todos os dados que necessita para criar uma simulação online como o montante pedido, a prestação máxima mensal, os seus rendimentos e situação financeira presente. Os comparadores online são um bom ponto inicial de partida para perceber melhor o panorama geral dos créditos ao consumo ou créditos pessoais.

      Não contacte os bancos ou entidades financeiras por telefone ou por e-mail para receber propostas concretas sobre o crédito ao consumo que pretende subscrever: As propostas que resultam deste tipo de contactos nunca são exatas ou precisas. Marque uma hora com diferentes bancos e entidades que lhe pareceram interessantes na fase de comparação de créditos pessoais que fez online e não hesite em falar que “outros bancos ou outras entidades oferecem esta condição ou esta taxa”: com os dados concretos na mão, poderá fazer com que o outro lado seja mais flexível!

Os pontos que são facilmente negociáveis na subscrição de um crédito ao consumo ou crédito pessoal são a taxa de crédito e os bónus de oferta iniciais, como a oferta do custo de subscrição ou tratamento de contratos.

 Informação é a palavra-chave numa boa negociação de crédito ao consumo 

Não subscreva nenhum crédito ao consumo ou crédito pessoal sem consultar duas ou três entidades ou bancos que lhe pareceram interessantes nas condições propostas durante a consulta que fez na Internet.

Os bancos e entidades financeiras são flexíveis e ajustam as condições deste tipo de crédito de curto ou médio prazo para fidelizar clientes e fechar contratos, portanto não hesite em jogar com a lei da concorrência!


Imprima e tenha em mãos as condições que mais lhe atraem em cada uma das entidades que pesquisou; isso permite que quando fizer um pedido de uma condição a uma entidade possa realmente mostrar que fez o seu “trabalho de casa” e que existem outros créditos que se adaptam melhor às suas condições.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Duvidas? Pergunte-nos.