Como conseguir financiamento para negócio próprio?

Conseguir crédito bancário para abrir o próprio negócio nem sempre é uma tarefa fácil e principalmente se nos encontramos numa fase da vida que estamos na iminência de largar um trabalho ou mesmo desempregado.

Mas será que não existe crédito para desempregados abrirem o seu próprio negócio?
A resposta é sim, e vamos explicar passo a passo o que tem que fazer e onde pode obter o seu financiamento através da linha de micro crédito que é destinada a pessoas que não têm condições de recorrer à banca tradicional para obterem crédito para abrirem o seu negócio próprio.


Como funciona o micro crédito?

Antes de tudo tem que ter uma ideia de negócio e respectivo plano de negócio com tudo bem estruturado de forma a transmitir que a sua ideia é viável, e sustentável.
No plano de negócio inclua já o espaço que pretende a nível de custos e instalações, assim como todos os recursos que precisará para exercer a função, desde fornecedores, custos de produtos, expectativas de lucro, despesas mensais, tudo mesmo, de forma a quando apresentar o seu projeto não tenha que existir correções e demorar mais tempo que o esperado ou até ser reprovado.

O micro crédito, tal como já foi referido acima, é uma linha de financiamento essecialmente criada para pessoas que não têm meios para a banca tradicional, contudo existe algumas regras para que este crédito lhe seja aprovado, nomeadamente:
·      Não ter o nome sujo no Banco de Portugal ( não existir incumprimento de créditos)
·      O negócio ser sustentável, viável e ter experiência comprovada na função
·      Ter um fiador que se responsabilize até 20% do capital emprestado
O montante máximo de financiamento é de 15 mil euros, no entanto, no primeiro ano o máximo a ser emprestado é de 12, 500 euros, sendo que os restantes 2,500 euros podem ser requeridos mediante reforço do emprestimo.


Onde posso requer o micro crédito?

A qualquer banco que disponha desta linha de financimento, que são quase todos, no entanto se quiser optar pela associação nacional de direito ao crédito, os mesmos têm protocolos com alguns dos bancos e agilizam muita burocracia, além de lhe darem apoio em várias vertentes como:
  • Ajuda no plano de negócio e processo de financiamento, assim como esclarecimento de questões relacionadas com as exigências administrativas, ou outras referentes à abertura da empresa;
  • Acompanhamento durante o desenvolvimento do negócio estando sempre disponíveis para o ajudar, nomeadamente, sobre questões técnicas que precisem de ser ultrapassadas para que o negócio possa continuar a prosperar.

Se está desempregado ou num trabalho precário e pretende abrir o seu negócio, mas o seu impasse é o financimento, então não hesite e contate um banco ou a ANDC ( associação nacional de direito ao crédito) para usufruir desta linha de financimento bastante flexível e pensada em si para realizar o seu sonho.





Sem comentários:

Enviar um comentário

Duvidas? Pergunte-nos.